Vacina cubana antiCovid-19 conclui primeira fase de ensaios clínicos

Havana, 31 de agosto (RHC).- A vacina cubana Soberana-01 concluiu a primeira fase de ensaios clínicos em seres humanos. Os documentos sobre esta etapa foram entregues ao Centro para o Controle Estatal dos Medicamentos, entidade reguladora na área de medicamentos, equipamentos e insumos do setor da saúde no país.

Os 20 voluntários na faixa de 19 a 59 anos de idade receberam a dose, sem efeitos colaterais, apenas leve dor na área onde foi colocada a injeção. Eles estão bem de saúde. Na segunda fase outros 20 voluntários da faixa etária de 60 a 80 anos serão vacinados.

A Soberana-01 foi concebida por cientistas cubanos do Instituto Finlay. As quatro pesquisas em andamento em Cuba para alcançar a imunização ao Sars-Cov2 estão baseadas em plataformas já utilizadas para outras vacinas desenvolvidas no país, como a usada contra a meningite meningocócica e a hepatite B.

Para 11 de setembro está previsto o começo da terceira fase dos ensaios em humanos. Nessa ocasião, participarão 676 voluntários. As pesquisas deverão concluir em janeiro de 2021, e se tudo der certo, em fevereiro o produto está disponível para a população.

Vicente Vérez, diretor do Instituto Finlay, explicou que talvez a Soberana-01 não seja a primeira vacina antiCovid-19 no mundo, porém, sua obtenção no país permitirá imunizar toda a população.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up