CEPAL prevê queda de até 9,1% do PIB da América Latina em 2020

Havana, 16 de julho (RHC).- A CEPAL – Comissão Econômica da ONU para América Latina e Caribe prevê um tombo de até 9,1% do PIB – Produto Interno Bruto da região em 2020.

Ao apresentar o relatório intitulado “Enfrentar os efeitos cada vez maiores da Covid-19 para uma reativação com igualdade: novas projeções”, a secretária executiva da entidade, Alicia Bárcena, disse que será a mais forte contração dos últimos 100 anos nesta área, especialmente no sul do continente.

“Haverá um recuo de dez anos no nível de ingresso por habitante”, advertiu. O documento indica que as três maiores economias latino-americanas – Brasil, México e Argentina – terão este ano uma queda do PIB de 9,2%, 9% e 10,5% respectivamente.

Destaca como fatores negativos a redução no crescimento da economia global e a diminuição do consumo e dos investimentos nos EUA, China e União Europeia, principais parceiros comerciais da região.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up