Economia da América Latina encolhe 7,7% em 2020 afirma CEPAL

Havana, 17 dezembro (RHC).- A CEPAL – Comissão Econômica para América Latina e o Caribe – revelou suas estimativas de crescimento para a região, que sofrerá encolhimento de 7,7% em 2020.

Conforme esses números, a região estaria no contexto de sua pior crise nos últimos 120 anos com taxa de desemprego de 10,7%.

O mais recente relatório do organismo especializado da ONU explica: se  comparados diferentes indicadores sanitários, econômicos e sociais e de desigualdade, América Latina e o Caribe é a região mais golpeada do mundo emergente.

Com quase 14,2 milhões de contagiados pela Covid-19 e mais de 475 mil mortos, América Latina tem sido, durante meses, um dos principais focos mundiais da pandemia. Brasil, México e Argentinaaparecem entre os países mais castigados pela pandemia no mundo.

Para 2021, a CEPAL calcula subida do PIB regional de 3,7% que só permitiria recuperar 44% da perda de PIB em 2020 e poderia piorar em função da evolução do processo de vacinação, assim como as políticas monetárias expansivas e fiscais dos diferentes países.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up