CEPAL destaca que a fome é uma ameaça real na América Latina por causa da pandemia

Havana, 17 de junho (RHC).-  A CEPAL – Comissão Econômica para América Latina e Caribe destacou que a fome é uma ameaça real na região por causa da pandemia, que poderia fazer mergulhar na pobreza extrema mais de 83 milhões de pessoas.

Para evitar que a crise sanitária se transforme em crise alimentar, a CEPAL e a FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura sugeriram ontem uma série de ações urgentes a serem executadas pelos governos latino-americanos e caribenhos. Entre elas, a complementação do ingresso básico de emergência de cada família através de um Bônus contra a Fome, a ser distribuído entre os cidadãos mais vulneráveis ao longo de seis meses.

Julio Berdegué, representante regional da FAO, advertiu que a situação atual poderia levar a um recuo nos avanços históricos na luta contra a fome, perdendo rapidamente o que foi alcançado nos últimos 15 anos.

Editado por Lorena Viñas Rodríguez



Comentários


Deixe um comentário
Todos os campos são requeridos
Não será publicado
captcha challenge
up